Você sabe o que quer dizer PSP no mercado de meios de pagamento online? Em inglês, a sigla significa Payment Service Provider, ou Provedor de Serviços de Pagamento, na tradução para o português. O termo vem ganhando destaque mais recentemente no Brasil e começa a entrar no dicionário de empreendedores digitais que possuem loja online, por exemplo, e precisam de uma solução para receber pagamentos pela internet.

Existem diversos agentes na indústria de pagamentos no Brasil e é o modelo de operação que define a maneira específica com que cada empresa atua no mercado. Para entender melhor como funciona o sistema de pagamentos e saber como este novo modelo se encaixa, vamos explicar como trabalham alguns agentes do setor no Brasil.

0001

Adquirentes

Para entender o papel das adquirentes de um jeito mais fácil, basta lembrar das maquininhas de cartão encontradas em estabelecimentos comerciais, como padarias, restaurantes e postos de gasolina. A função destas operadoras é realizar a liquidação financeira por meio de cartões de crédito e débito, estabelecendo a comunicação com as bandeiras (Visa, Mastercard, Amex e outras) e com os bancos emissores de cartões, como o Itaú, o Bradesco, o Santander e outros.

Intermediadores

Também conhecidos como subadquirentes, porque se posicionam entre as adquirentes e os lojistas e clientes. Geralmente, é usado por comércios menores, pois são muito fáceis de integrar. Uma característica comum dos intermediadores é que eles criam uma espécie de carteira para consumidores e lojistas e levam a transação de um lado para o outro, geralmente cobrando uma porcentagem sobre o total e uma tarifa fixa por cada pagamento. No Brasil, o PagSeguro, o PayPal e o Moip são alguns exemplos de intermediadores.

Gateways de pagamento

Oferece a solução de tecnologia, ou seja, um software para receber pagamentos online. Este modelo opera apenas no fluxo de informação envolvido nas transações. Em outras palavras, funciona como se fosse a maquininha de cartão instalada no site de um e-commerce, por exemplo. A partir daí, o modelo cria uma ponte com as adquirentes, que se comunicam com as bandeiras e bancos emissores para realizar os pagamentos.

Uma vantagem dos gateways em relação aos demais agentes da cadeia é a alta conversão de pagamentos. Ou seja, mais tentativas de compra são finalizadas com sucesso porque o lojista faz o cadastro com seu próprio CNPJ para vender online. Quando o nome da loja aparece na nota fiscal, os bancos emissores recebem mais informações sobre cada transação e aprovam mais pagamentos.

Como funciona o PSP

O Provedor de Serviços de Pagamento, ou simplesmente PSP, oferece aos empreendedores digitais a possibilidade de combinar a alta performance dos gateways com a facilidade de integração dos intermediadores. Isto representa uma evolução no mercado de pagamentos, porque os lojistas não precisam mais medir as vantagens e desvantagens entre gateways e intermediadores.

Se um gateway oferece alta conversão, por outro lado este modelo é, geralmente, mais difícil de integrar. Pode exigir a contratação de um desenvolvedor e o tempo de afiliação com adquirentes e antifraude costuma demorar alguns meses. O processo de instalação de um intermediador é mais simples, mas o modelo tem baixa conversão e, por isso, o empreendedor acaba perdendo muitas vendas. O modelo de PSP aproveita as vantagens do gateway e do intermediador (alta conversão, agilidade e facilidade) e deixa para trás as desvantagens dos sistemas antigos.

Na prática, o PSP é uma estrutura que se conecta com a infraestrutura de cartão de crédito e resolve todos os problemas técnicos no fluxo de informação e no fluxo de dinheiro entre o comprador, o lojista e os bancos. Para quem precisa receber pagamentos na internet, esta é a melhor opção para fugir da burocracia e garantir uma alta aprovação de pagamentos para faturar mais a curto e a longo prazo.

O modelo, portanto, representa uma inovação na indústria de pagamentos, porque combina as vantagens dos intermediadores e dos gateways, oferecendo um serviço híbrido no mercado. No Brasil, o Pagar.me é a única solução a adotar o modelo de PSP. Se você tem um negócio online e precisa resolver ou melhorar seu sistema para receber pagamentos, invista em uma solução inovadora como a que o Pagar.me oferece.

Leia também: E-commerce de adesivos cresce 140% com novo meio de pagamento

Nosso motor de tecnologia entrega a mais alta conversão de vendas, que chega a 92% ou mais com o Checkout Pagar.me. Temos um modelo de operação que se estabeleceu no mercado e foi premiado na Universidade de Harvard em 2014, nos Estados Unidos, durante o Innovation Project, considerado o "Oscar dos Pagamentos".

Agora, nosso produto evolui para este novo modelo, em que você poderá contar com as melhores práticas para vender mais. Uma solução já integrada ao antifraude ClearSale, focada na experiência do usuário, que oferece a liberdade de escolher as parcelas a antecipar, permite split-payment transparente para marketplaces e a mais alta conversão em pagamentos recorrentes para empresas de SaaS.

Fale com a gente

Se você se interessa em integrar um modelo como este em seu negócio online, escreva agora para nossa equipe e pergunte sobre os benefícios do Pagar.me PSP. Nós ficaremos muito satisfeitos em atender para esclarecer todas as suas dúvidas. Basta preencher nosso formulário de contato ;)

Aprenda a ganhar mais com seu E-commerce

Confira dicas, reportagens e conteúdos especiais de especialistas em E-commerce e Marketing Digital. Digite seu email abaixo:

Lucas Brand
Cientista de Conteúdo
O que Fazer para Faturar R$200 mil por Mês com seu E-commerce