Seria cômico, se não fosse trágico. Exageradamente, a falta de integração entre equipes de marketing e de vendas representa um grande desperdício de recursos e potencialidades, alem de expressar uma completa falta de coerência no ambiente corporativo.

As expertises presentes e desenvolvidas por profissionais de marketing e de vendas são absolutamente complementares e, quando atuam em conjunto, podem representar um grande potencial para alcançar ótimos resultados dentro de uma empresa.

Mas esta visão integrada ainda não foi incorporada às rotinas da grande maioria das empresas, seja por parte das lideranças, ou por parte dos liderados. A equação vendas + marketing = resultados de sucesso simplesmente parece não fazer sentido.

marketingsales

Se é possível somar ambas as expertises, por onde começar então? As dicas abaixo podem ajudar e, claro, a intenção é de que, ao final deste artigo, seja possível idealizar um plano de integração e cooperação entre estas duas áreas na empresa.

Evite formar times

É muito comum chamar equipes de times e, honestamente, isto só reforça a rivalidade e a segregação entre as pessoas. Não precisa ser nem Palmeiras vs Corinthians. Mesmo chamando Time A vs Time B, você pode dar uma conotação de competição. Neste caso, o objetivo será provar quem é o melhor, resultando no oposto de uma ação de integração.

Mostre os caminhos a serem percorridos

Pessoas se sentem seguras quando entendem o porquê de fazer isto ou aquilo, e esta segurança está diretamente ligada a motivação e a energia produtiva. Por isso, grandes lideranças compartilham suas estratégias e objetivos constantemente.

Imagine quão construtiva pode ser uma conversa entre um representante de vendas, que está à frente do diálogo com o seu cliente e um profissional de marketing, que estuda e avalia constantemente o mercado de atuação de sua empresa?

Pensar em tarefas específicas para cada equipe pode ser um grande limitador de potencialidades. Compartilhe pensamentos, direcione seus colaboradores à união de esforços criativos e tenha espaços colaborativos, do planejamento ao resultado.

Reconheça e valide igualmente

Erra quem pensa que o ser humano tem habilidade para entender as situações de desigualdade de forma madura. As convenções de vendas, por exemplo, são grandes eventos de reconhecimento dos esforços dos representantes. Elas validam o sucesso por meio de premiações e destaques e mostram que eles podem crescer ainda mais se aproveitarem as oportunidades oferecidas.

Isso já faz parte da cultura de algumas organizações e a intenção não é criticar pessoas, mas sim validar e reconhecer esforços de todos os departamentos. Existem muitas métricas de marketing que mostram a eficiência das ações. Promova o reconhecimento de sua equipe mediante conquistas, parabenize e integre, sempre. Demonstre como os esforços de uma área impactam na outra e, principalmente, reconheça também ações de sucesso viabilizadas pelas expertises de ambos, de marketing e de vendas.

Compartilhe resultados

Sua empresa enfim chegou lá, atingiu as metas de crescimento depois de longas jornadas de trabalho e esforços coletivos. Mas você terá dificuldade de realizar o feito novamente se deixar de compartilhar os resultados com as pessoas envolvidas diretamente nos projetos.

Nós, seres humanos, pulsamos com a sensação de vitória. Simon Sinek explica isso de forma magistral em seu livro Leaders Eat Last, e aponta que a dopamina, responsável por essa sensação do vibrar e querer mais, nos impulsiona a buscar novos patamares, o que é sensacional para seus próximos projetos.

Compartilhe os resultados, deixe que suas equipes saibam as razões do sucesso ou do fracasso. Mas faça isso de forma integrada, sem culpar um ou outro departamento e lembrando que, em sua empresa, todos estão juntos por um objetivo comum.

Quebre paradigmas

Profissionais de marketing não são só criativos responsáveis por comunicação e representantes de vendas não são só pessoas divertidas que têm coragem de oferecer seu produto ou serviço. Inteligência de mercado, análises, planejamento e habilidades de relacionamento são itens presentes no vocabulário e na conduta de profissionais inovadores de marketing e de vendas. Ambos devem buscar formas de expandir suas habilidades naturais e de estudar cada vez mais sobre negócios, atrás de realizar um bom trabalho.

Um único e eficiente bloco de esforços

A estrutura organizacional das empresas exige, sim, autonomia das áreas Mas isto não significa que o objetivo não possa ser um só. Ter uma visão geral de que os esforços para atingir resultados excelentes são de todos (e não apenas de uma área ou de outra) representa muito do sucesso de líderes visionários. Pensar desta maneira muda bastante a forma de planejar e executar seus processos dentro de seu negócio.

Expertises de marketing e de vendas são complementares. Até mesmo as ferramentas mais eficientes para gerar e atrair leads são desenvolvidas pensando em agregar processos pertinentes a ambos, mas integrar tudo isso continua sendo uma responsabilidade atrelada às lideranças, um grande desafio e compromisso para atingir prósperos resultados.

Post escrito por Cris Assis, da Agência Inbound, publicado no blog do Hubspot Brasil.

Aprenda a ganhar mais com seu E-commerce

Confira dicas, reportagens e conteúdos especiais de especialistas em E-commerce e Marketing Digital. Digite seu email abaixo:

Cris Assis
O que Fazer para Faturar R$200 mil por Mês com seu E-commerce