Prevenir para não remediar. Este velho ditado tem tudo a ver quando falamos sobre fraudes em compras online. Quem é proprietário de e-commerce, seja de pequeno ou grande porte, sabe que está suscetível a fraudadores que buscam oportunidades para fazer compras usando cartões de crédito usando dados roubados.

fraude

A má notícia é que o Brasil, em 2014, ainda se posicionava como o quinto país no ranking mundial de fraudes com cartão de crédito, atrás apenas dos Estados Unidos, do México, dos Emirados Árabes e do Reino Unido. Pior ainda para o e-commerce, que precisa arcar sozinho com 100% do prejuízo causado por transações fraudulentas.

Este cenário confirma a importância em se investir em soluções antifraude para evitar que agentes fraudulentos afetem o lucro de seu negócio online no final do mês. Claro que não é preciso se desesperar, pois há muitas maneiras para manter seu comércio eletrônico saudável. Por isso, separamos cinco dicas que você deve colocar em prática agora mesmo em seu site para manter a segurança de sua empresa.

Comece a usar opção de One Click Buy

Também conhecido em português como "pague em um clique", o One Click Buy já é oferecido por grandes potências do e-commerce mundial, como a Amazon. A grande vantagem desta estratégia, que permite finalizar a compra com apenas um clique para clientes já cadastrados, é que, com o armazenamento de dados, os clientes não precisam preencher novos formulários com informações pessoais a cada nova compra. Estas informações, se forem repetidas, incluem dados de cartão de crédito, por exemplo. E é por isto que a adoção desta estratégia ajuda a prevenir seu negócio contra fraudes.

Peça senhas fortes a seus clientes

Quando seu cliente for criar o cadastro em seu negócio online, exija senhas fortes e mais complexas, com números e caracteres, por exemplo. Informe que esta medida é necessária pensando em garantir a segurança de suas compras e de seus dados. Pode parecer, em um primeiro momento, uma inconveniência para seu cliente. Mas se a questão for bem explicada, seu cliente deve embarcar nesta ideia sem maiores problemas.

Avise sobre transações

Uma opção muito valiosa para evitar o temido chargeback pode ser avisar o cliente por email ou por SMS antes de finalizar uma transação. Isto significa que, após informar os dados do cartão, o consumidor receberá uma mensagem informando que ele está prestes a finalizar uma compra de determinado valor. Neste caso, o cliente recebe por email ou SMS um código que ele deve preencher para concluir a compra em seu site. Caso não queira implementar esta medida de uma vez, é possível fazer uma versão beta. Durante os testes, pergunte aos usuários o que eles acharam e fique de olho nas respostas e nos resultados.

Restrinja o número de transações negadas

Muitas vezes, a tentativa de fraude é originada em softwares maliciosos que usam diferentes números de cartões de crédito sucessivamente até conseguir finalizar a compra. Uma forma de evitar que estas vendas fraudulentas sejam realizadas é restringir o número de tentativas que cada usuário pode informar ao errar os dados de seu cartão de crédito. Se o consumidor exceder este número já padronizado, você pode bloquear temporariamente o seu cadastro e colocar aquele perfil em uma lista de risco, dificultando o sucesso de agentes fraudulentos.

Conte com ajuda profissional

A maioria dos fraudadores possui conhecimento e expertise necessária para burlar sistemas. Por este motivo, é muito difícil conseguir evitar as fraudes e chargebacks em seu site sem ajuda de uma empresa especializada no assunto. Além disso, tentar fazer este trabalho por conta própria vai consumir muito tempo e esforço, sendo que a melhor opção é buscar um parceiro qualificado. Desta forma, você tem mais tempo para se dedicar às vendas a prospecção e a fidelização de seus consumidores.

Post originalmente publicado no blog da ClearSale

Aprenda a ganhar mais com seu E-commerce

Confira dicas, reportagens e conteúdos especiais de especialistas em E-commerce e Marketing Digital. Digite seu email abaixo:

Lívia Freitas
Jornalista com formação na USJT, ESPM e FAAP atua com comunicação corporativa com foco em branding, campanhas e cobertura de grandes eventos como HSM ExpoManagement, Campus Party, E-Commerce Brasil. Produz textos com foco em inovação e criatividade.
O que Fazer para Faturar R$200 mil por Mês com seu E-commerce